quarta-feira, fevereiro 29, 2012

Concurso de Fotografia ICOM - "Eu no meu museu"

Este ano, ICOM lançou um concurso de fotografia, "Eu no meu Museu", para celebrar o 35 º aniversário do Dia Internacional dos Museus (DIM)!
Comemore o aniversário do DIM tirando uma fotografia de si mesmo, sozinho ou com os amigos, no seu museu favorito, com o logótipo oficial criado para o evento! 
Os amantes de museus de todo o mundo são assim, convidados a participar e enviar as suas fotos antes de 22 de Abril de 2012 para o ICOM.
O vencedor receberá um "saco surpresa" cheio de objetos selecionados das lojas dos museus de todo o mundo.
Caso o seu museu preferido seja o Museu da Chapelaria, o que nos faria muito felizes, peça o logótipo já impresso na receção do museu. 
A nossa versão é bem original!

Para consultar o regulamento e ficha de inscrição sigam este link.

sexta-feira, fevereiro 17, 2012

CONCURSO A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento...

Já se encontra a decorrer uma nova edição do Concurso “A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento…
 
O Instituto de Gestão do Património Arquitetónico e Arqueológico, o Instituto dos Museus e da Conservação e a Direção Geral de Educação, organizam mais uma edição do Concurso Escolar “A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento…”, de forma a estreitar as relações entre as instituições de educação e de cultura e a promover o desenvolvimento da educação patrimonial.

Segue o link com o regulamento:
Regulamento pdf

Com o intuito de introduzir uma nova dinâmica no concurso e de otimizar os recursos disponíveis, o regulamento específico do concurso contém algumas alterações em relação às anteriores edições.
Podem ainda, aceder aos sites da DGE e do IMC.

Os trabalhos realizados poderão ser entregues no Museu da Chapelaria até ao dia 23 de Março.

Ficámos a aguardar pelos vossos trabalhos.

terça-feira, fevereiro 14, 2012

Documentos publicitários


video



A propaganda e as campanhas publicitárias foram, desde sempre, um dos elementos chave para o sucesso empresarial.
Por essa razão, a Empresa Industrial de Chapelaria (EICHAP) apostou desde cedo neste tipo de acções, desenvolvendo os mais diversos materiais publicitários, habitualmente com o recurso a imagens apelativas e lemas fortes.
Estas acções, que não se cingiam a anúncios nos media, tanto eram direccionadas ao cliente final como aos próprios lojistas a quem eram oferecidos pequenos expositores de montra ou balcão para publicitação da marca no ponto de venda.
Havia também uma forte aposta de comunicação através das embalagens dos chapéus, sendo estas acompanhadas por uma etiqueta informativa e publicitária com uma componente visual muitas vezes inovadora e até indicadora do nível social a que era destinado o chapéu. Estas embalagens eram comercializadas juntamente com os chapéus de melhor qualidade. 
Paralelamente, era já comum a distribuição gratuita de calendários, folhetos ou postais.
Estes documentos e muitos mais encontram-se disponíveis para investigação no Centro de Documentação do Museu da Chapelaria.

sexta-feira, fevereiro 10, 2012

Inauguração, sábado às 16h00 - A Olaria de Bisalhães



Dando continuidade ao ciclo temático “Artes e Ofícios. Memórias e Identidades”, o Museu da Chapelaria apresenta a exposição “Olaria de Bisalhães” organizada pelo Museu de Arqueologia e Numismática de Vila Real, pelo Museu de Alberto Sampaio de Guimarães e pelo Museu de Olaria de Barcelos.

Esta exposição conta a história dos oleiros de Bisalhães e de uma árdua e ancestral arte.

De geração em geração, transmitiu-se o conhecimento do manuseamento das formas e do material. A louça de cor negra é hoje a imagem e marca da localidade e do artesanato de Vila Real.

segunda-feira, fevereiro 06, 2012

Programa Famílias

1º DOMINGO DE CADA MÊS EM FAMÍLIA

No primeiro domingo de cada mês, reúna toda a sua família e venha ao Museu da Chapelaria divertir-se com as diversas actividades que temos para todos.

O resultado da oficina "Tecendo e Crescendo" do Programa Famílias deste mês de Fevereiro fica aqui registado:
 

Já sabe, para o próximo mês traga os seus filhos, pais, avós e amigos e passe um domingo “de se lhe tirar o chapéu” no Museu da Chapelaria.