terça-feira, Abril 22, 2014

CANDIDATURAS ATÉ 1 DE MAIO | feira dos usados e reciclados


No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus, o Museu da Chapelaria está a organizar uma Feira de Usados e Reciclados, para o dia 18 de maio.

Não são apenas os museus que guardam objetos de valor que contam histórias e fazem conexões entre o passado e o presente. Todos nós vamos acumulando ao longo da nossa vida diferentes objetos que nos identificam e nos ligam ao passado mas que, por qualquer razão, a partir de determinado momento já não queremos mais. 
Esta feira de usados e reciclados propõe-lhe que vá ao sótão recuperar todos esses objetos que um dia fizeram parte da sua vida e que os venha vender para que outras pessoas lhes atribuam novos significados e novas utilizações.

Modo de participação: 
Até ao dia 01 de Maio deverá enviar a sua candidatura por email dizendo-nos que objetos tem para vender e que histórias escondem esses objetos. As melhores histórias serão apresentadas no blog do Museu e os participantes terão direito a uma ‘banquinha’ de venda no interior do museu.

sexta-feira, Abril 18, 2014

CULTURando por aí... Páscoa 2014 | momentos


O programa CULTURando por aí... Férias da Páscoa 2014 decorreu entre os dias 7 e 17 de abril, no Museu da Chapelaria em parceria com a Biblioteca Municipal.

As férias escolares devem ser pretexto para desenvolver capacidades e competências que a aprendizagem formal em sala de aula não permite. 
Preparar as crianças e jovens para os desafios que esta sociedade do conhecimento e a economia da cultura lhes vai exigir é, então uma premissa. Atenta a esta realidade, a Divisão da Cultura da Câmara Municipal, por intermédio das suas instituições culturais, criou um novo programa de aprendizagem intitulado “Culturando por aí”, que pretende colocar os jovens perante um conjunto interessante de desafios. 
Preparar as nossas crianças e jovens para esse futuro que é já hoje, é uma obrigação. Encontre na Cultura uma resposta de aprendizagem e inscreva o seu educando neste programa de criatividade e inovação.

Veja as fotos do CULTURando da Páscoa aqui.

terça-feira, Abril 15, 2014

FEIRA DOS USADOS E RECICLADOS | candidaturas até 1 de maio

No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus, o Museu da Chapelaria está a organizar uma Feira de Usados e Reciclados, para o dia 18 de maio.

Não são apenas os museus que guardam objetos de valor que contam histórias e fazem conexões entre o passado e o presente. Todos nós vamos acumulando ao longo da nossa vida diferentes objetos que nos identificam e nos ligam ao passado mas que, por qualquer razão, a partir de determinado momento já não queremos mais. 
Esta feira de usados e reciclados propõe-lhe que vá ao sótão recuperar todos esses objetos que um dia fizeram parte da sua vida e que os venha vender para que outras pessoas lhes atribuam novos significados e novas utilizações.

Modo de participação: 
Até ao dia 01 de Maio deverá enviar a sua candidatura por email dizendo-nos que objetos tem para vender e que histórias escondem esses objetos. As melhores histórias serão apresentadas no blog do Museu e os participantes terão direito a uma ‘banquinha’ de venda no interior do museu. 

sábado, Abril 12, 2014

Novos chapéus da designer Carolina Cameira, à venda na loja do Museu



A Loja do Museu da Chapelaria tem o prazer de apresentar a nova coleção de chapéus da designer Carolina Cameira, composta por quatro chapéus, e que se encontra disponível para venda na Loja do Museu.
Venha descobrir esta fantástica coleção.

Sobre a designer
Carolina de Vasconcelos Cameira, nasceu em Lisboa e reside em Londres há 9 anos. 
A sua formação académica começa com o curso profissional de moda na Gudi, no Porto, e com o 1º ano de Educação Visual e Tecnologia no Instituto Politécnico de Portalegre.
Tem vindo a aprofundar as técnicas da arte de fazer chapéus, participando em vários workshops em Londres, dos quais se destacam, o “Millinery Fascinators” na London College of Fashion, um workshop com a criadora de chapéus Edwina Ibbotson, um workshop de imagens sobre tecido com Dawn Dupree no City Lit College e um workshop de chapelaria no Kensington and Chelsea College, entre outros. 
Em 2010 decidiu criar a marca “CCNAIFF - acessórios de moda”, atualmente em fase de registo enquanto marca portuguesa.

sexta-feira, Abril 11, 2014

A Péu mostra

      


No passado dia 10 de abril, o Centro Infantil de Santa Maria da Feira, veio ao Museu da Chapelaria.
Neste dia, tiveram uma guia muito especial: a Péu. 
A Péu é uma menina que vive no museu e que conhece todas as histórias e segredos deste espaço, com mais de cem anos.
Ao longo desta visita, para além de mostrar a este grupo bem simpático como se faziam os chapéus na Fábrica Nova, a Péu contou algumas histórias sobre chapéus de todo o mundo.

Esta visita animada é dirigida especificamente para grupos do pré-escolar e do 1º ano do 1º ciclo.
Caso pretenda agendar uma visita com a Péu, contacte o Museu pelo 256 201 680 ou museu.chapelaria@gmail.com.

O JI da Devesa agradece à Péu...


No passado dia 26 de março, no âmbito do Projeto Educativo Municipal, as crianças do JI da Devesa de S. João da Madeira vieram ao Museu da Chapelaria conhecer a Péu.
Gostaram tanto desta visita, que resolveram publicar no Jornal O Regional o seu agradecimento à Péu.
Aconselham, ainda, toda a comunidade a visitar o Museu.

Veja a notícia aqui

Nota: A notícia informa que no 1º domingo de cada mês, as visitas ao museu são gratuitas, quando na realidade, a entrada no museu é gratuita TODOS os domingos, da parte da manhã.
No 1º domingo de cada mês realiza-se o Programa Famílias. Esta atividade é gratuita, mediante marcação prévia.

quinta-feira, Abril 10, 2014

As Sanjo voltam a ser nacionais


Quem não se recorda dos famosos ténis Sanjo, um verdadeiro ícone cultural de S. João da Madeira que, com a entrada de várias marcas internacionais no mercado português, encerrou portas nos anos 80, nas suas instalações agora ocupadas pelo Museu da Chapelaria. Os responsáveis pela marca líder nas vendas de sapatilhas em Portugal até aos anos 70 anunciou esta semana que retomou a produção nacional e que irá vender a nova colecção destes ténis na Amazon.

A marca, 30 anos depois, retoma a sua produção nacional. A empresa, que em 2009 adquiriu a Sanjo, marca com cerca de 80 anos, investiu cerca de meio milhão de euros para colocar em funcionamento, não em S. João da Madeira, mas na Venda do Pinheiro, concelho de Mafra, uma empresa com cerca de 14 funcionários directos e mais de 60 indirectos que, segundo apurámos, se dedica essencialmente a trabalhos de finalização do calçado.
A primeira produção nacional chega ao mercado português com dez modelos diferentes e cerca de 60 padrões de cores, não só no modelo mais tradicional, mas com outros modelos, fabricados com matérias-primas como a pele ou a camurça. Os preços rondam os 50 e 60 euros.
Recorde-se que esta marca nasceu em S. João da Madeira nos anos 40.

Fonte: Jornal O Regional
Veja a notícia aqui

terça-feira, Abril 08, 2014

Programa Famílias | no domingo passado foi assim...


No passado domingo, uma família bem simpática, veio ao Museu participar no Programa Famílias.
O resultado está à vista.
Foi uma manhã bastante divertida, onde a criatividade não faltou.

E você, do que é que está à espera?
No primeiro domingo de cada mês, reúna toda a sua família e venha ao museu da chapelaria descobrir segredos, desvendar mistérios e divertir-se com as diversas atividades que temos para si. 
Traga os seus filhos, pais, avós e amigos e passe um domingo “de se lhe tirar o chapéu”.

Atividade gratuita, mediante marcação prévia

segunda-feira, Abril 07, 2014

Agenda de atividades | Abril




A agenda do Museu do mês de abril já saiu e pode vê-la aqui.

Destacamos, desde já, o programa de férias de páscoa "CULTURando por ai...", que já está a decorrer desde o dia 7 de abril e se prolonga até ao dia 17. 

Durante 9 dias, o Museu da Chapelaria e a Biblioteca Municipal propõem um conjunto de atividades que pretendem, num espírito educativo, desafiar as crianças a levar, mais além, a sua imaginação e criatividade. 

Se ainda não inscreveu o seu educando, ainda vai a tempo.
Para tal, poderá contactar o Museu da Chapelaria pelo 256 201 680 ou através do e-mail museu.chapelaria@gmail.com.


quarta-feira, Abril 02, 2014

Projeto Educativo Municipal | A Péu mostra


No âmbito do Projeto Educativo Municipal, o Jardim de Infância da Estrela Guia de S. João da Madeira, veio conhecer a Péu.
E porque chapéus há muitos... no decorrer da visita, esta turma resolveu tirar uma fotografia muito original, onde todas as caras estão tapadas com os nossos chapéus. 

A Péu é uma menina que vive no museu e que não descansa enquanto não encontrar o seu amigo perdido. A Péu guia o visitante ao longo do tempo, mostrando como se faziam os chapéus na Fábrica Nova. 
Através de uma história encantada desvendam-se os segredos de uma fábrica com mais de 100 anos. 

Esta visita animada é dirigida especificamente para grupos do pré-escolar e do 1º ano do 1º ciclo.
Caso pretenda agendar uma visita com a Péu, contacte o Museu pelo 256 201 680 ou museu.chapelaria@gmail.com.

6 DE ABRIL | Programa Famílias no Museu


No primeiro domingo de cada mês, reúna toda a sua família e venha ao museu da chapelaria descobrir segredos, desvendar mistérios e divertir-se com as diversas atividades que temos para si. 
Traga os seus filhos, pais, avós e amigos e passe um domingo “de se lhe tirar o chapéu”.

06 de abril | os ovos da árvore da Páscoa 

Não tarda nada já é Páscoa... e se viesses ao museu fazer uns ovos em feltro e decorar uma árvore de Páscoa? 
Atelier para crianças entre os 6 e os 14 anos
Atividade gratuita, mediante marcação prévia

terça-feira, Abril 01, 2014

Culturando por aí... Férias da Páscoa no Museu e na Biblioteca | programa de atividades


As férias escolares devem ser pretexto para desenvolver capacidades e competências que a aprendizagem formal em sala de aula não permite. 
Preparar as crianças e jovens para os desafios que esta sociedade do conhecimento e a economia da cultura lhes vai exigir é, então uma premissa. Atenta a esta realidade, a Divisão da Cultura da Câmara Municipal, por intermédio das suas instituições culturais, criou um novo programa de aprendizagem intitulado “Culturando por aí”, que pretende colocar os jovens perante um conjunto interessante de desafios. 
Preparar as nossas crianças e jovens para esse futuro que é já hoje, é uma obrigação. Encontre na Cultura uma resposta de aprendizagem e inscreva o seu educando neste programa de criatividade e inovação.

O programa CULTURando por aí... Férias da Páscoa 2014 decorre entre o dia 7 e 17 de abril no Museu da Chapelaria em parceria com a Biblioteca Municipal entre as 9h30 e 12h30 e 14h30 e 17h30.

Inscrições no Museu da Chapelaria até ao dia 6 de abril.

Para mais informações contacte o Serviço Educativo do Museu da Chapelaria através do 256 201 680 ou pelo e-mail museu.chapelaria@gmail.com.
Poderá, ainda, solicitar a ficha de inscrição na receção do Museu ou fazer o download da ficha de inscrição deste post, preenchê-la, e enviá-la para museu.chapelaria@gmail.com.

O programa das atividades está também disponível na nossa página do facebook: 
https://www.facebook.com/pages/Museu-da-Chapelaria/

segunda-feira, Março 31, 2014

Concurso "A minha escola adota um museu..." | prazo de entrega de trabalhos


4 de abril | prazo para a entrega dos trabalhos

Termina a 4 de abril o prazo de entrega  nova edição do concurso escolar "A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento...".

Esta iniciativa é dirigida a alunos dos ensinos básico e secundário, promovida conjuntamente pela Direção-Geral da Educação (DGE), no âmbito do Programa de Educação Estética e Artística, e pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC). 
O seu objectivo é estimular o conhecimento da realidade museológica e patrimonial nacional, através do contacto das escolas com os museus e consequente sensibilização para a conservação, proteção e valorização do património cultural. 
Considerando que o conhecimento do património cultural constitui uma importante experiência educativa, facilitadora da integração das crianças e dos jovens na comunidade, torna-se pertinente proporcionar às escolas e aos museus uma oportunidade de desenvolverem ou de reforçarem a cooperação neste domínio. 

O concurso escolar “A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento...” consiste na elaboração de trabalhos criativos a partir de testemunhos dos Museus e Palácios que integram a Rede Portuguesa de Museus ou dos Monumentos tutelados pela DGPC. 
Os trabalhos premiados apresentados a concurso serão objeto de avaliação por um júri e de apresentação final em exposição num museu ou palácio que integre a Rede Portuguesa de Museus ou num monumento tutelado pela DGPC.

A entrega dos trabalhos (portfólios contendo os trabalhos para apreciação) deverá ocorrer nos museus, palácios ou monumentos com os quais se colaborou até ao dia 4 de abril de 2014. 
A primeira fase de avaliação dos trabalhos será efetuada pelos serviços educativos dos museus, palácios ou monumentos e decorrerá de 7 a 11 de abril.
A avaliação dos trabalhos pelo Júri Nacional decorrerá entre os dias 21 e 30 de abril, sendo que a divulgação dos resultados decorrerá a partir do dia 2 maio nos sítios da internet da DGE e da DGPC.
A Entrega de Prémios e Exposição dos Trabalhos Premiados decorrerá num museu ou palácio tutelado pela DGPC, a indicar, no dia 22 de maio de 2014.

Consulte o regulamento aqui.

sábado, Março 29, 2014

Workshop de iniciação à feltragem com água e sabão, nível I


12 DE ABRIL
14h30 - 17h30
Com este workshop (de um conjunto de 3) pretende-se estimular a expressão criativa e artística dos participantes, através da técnica de feltragem com água e sabão. 


Neste workshop de nível I, os participantes irão adquirir conhecimentos para produzirem objetos simples.
Inscrições até ao dia 9 de abril, limitadas a 8 participantes.

Inscrições e mais informações pelo 256 201 680 ou museu.chapelaria@gmail.com

sexta-feira, Março 28, 2014

Projeto Educativo Municipal | A Péu mostra

Esta semana, a Péu recebeu muitas visitas no âmbito do Projeto Educativo Municipal.
Esta manhã visitaram o Museu duas turmas do Jardim-de-infância de Casaldelo.

A turma da educadora Helena ajudou a Péu a encontrar o seu amigo perdido e todos juntos descobriram os encantos dos "Chapéus de todo o mundo"! Adoraram o chapéu com dentes de crocodilo!!!!

A turma de Educadora Graça quis tirar uma fotografia a preto e branco como as de antigamente. Todos estavam de chapéu... até porque antigamente era mesmo assim: as cabeças andavam sempre cobertas.

A visita animada da Péu é dirigida especificamente para grupos do pré-escolar e do 1º ano do 1º ciclo.
Caso pretenda agendar uma visita com a Péu, contacte o Museu pelo 256 201 680 ou museu.chapelaria@gmail.com.

quarta-feira, Março 26, 2014

Projeto Educativo Municipal | A Péu mostra





No âmbito do Projeto Educativo Municipal, várias turmas dos Jardins de Infância e das Escolas Básicas do 1º ciclo de S. João da Madeira, vieram conhecer a Péu.

A Péu é uma menina que vive no museu e que não descansa enquanto não encontrar o seu amigo perdido. A Péu guia o visitante ao longo do tempo, mostrando como se faziam os chapéus na Fábrica Nova. 
Através de uma história encantada desvendam-se os segredos de uma fábrica com mais de 100 anos. 

Esta visita animada é dirigida especificamente para grupos do pré-escolar e do 1º ano do 1º ciclo.
Caso pretenda agendar uma visita com a Péu, contacte o Museu pelo 256 201 680 ou museu.chapelaria@gmail.com.

CULTURando por aí... Páscoa 2014


As férias escolares devem ser pretexto para desenvolver capacidades e competências que a aprendizagem formal em sala de aula não permite. 
Preparar as crianças e jovens para os desafios que esta sociedade do conhecimento e a economia da cultura lhes vai exigir é, então uma premissa. Atenta a esta realidade, a Divisão da Cultura da Câmara Municipal, por intermédio das suas instituições culturais, criou um novo programa de aprendizagem intitulado “Culturando por aí”, que pretende colocar os jovens perante um conjunto interessante de desafios. 
Preparar as nossas crianças e jovens para esse futuro que é já hoje, é uma obrigação. Encontre na Cultura uma resposta de aprendizagem e inscreva o seu educando neste programa de criatividade e inovação.

O programa CULTURando por aí... Férias da Páscoa 2014 decorre entre o dia 7 e 17 de abril no Museu da Chapelaria em parceria com a Biblioteca Municipal entre as 9h30 e 12h30 e 14h30 e 17h30.

Inscrições no Museu da Chapelaria até ao dia 6 de abril.
Para mais informações contacte o Serviço Educativo do Museu da Chapelaria através do 256 201 680 ou pelo e-mail museu.chapelaria@gmail.com.

Poderá, ainda, solicitar a ficha de inscrição na receção do Museu.

Brevemente divulgaremos o programa das atividades aqui e na nossa página do facebook: 
https://www.facebook.com/pages/Museu-da-Chapelaria/

Chapéu de nazarena | Chapéus de todo o mundo

imagem disponível em http://www.matriznet.dgpc.pt/MatrizNet/Objectos/ObjectosConsultar.aspx?IdReg=287208

O traje nazareno reflete toda a identidade da terra de pescadores da Nazaré, e é, ainda hoje, usado regularmente pelas nazarenas.
É na pesca e nos trabalhos associados ao mar que este traje, tão singular, encontra toda a sua essência.

Para além das conhecidas "sete saias", o chapéu da nazarena é uma das peças de indumentária popular mais simbólicas e identificáveis deste traje.
Este chapéu de forma cilíndrica, com aba revirada, é feito em feltro de lã de cor preta. A sua particularidade assenta na decoração: uma fita de gorgorão preta à volta da copa que remata no lado direito com pompom de fio de seda preta.
Geralmente, no seu interior, as nazarenas colocavam uma rodilha para enformar a copa, e um lenço a cobrir os cabelos.

imagem disponível em http://trajesdeportugal.blogspot.pt/

Uma curiosidade...
Em caso de viuvez, o pompom é retirado do chapéu de nazarena.

Poderá encontrar este e outros chapéus tipicamente portugueses na exposição "Chapéus de todo o mundo", patente na sala dos Usos Sociais do Museu da Chapelaria até ao dia 2 de maio.

segunda-feira, Março 24, 2014

O barrete de campino | Chapéus de todo o mundo

imagem disponível em http://www.prof2000.pt/users/avcultur/postais/Trajestipicos05.htm

As formas de trajar foram, desde sempre, fundamentais para a identificação social, cultural e profissional dos povos.

O traje do campino do Ribatejo, altivo na sua montada, com o seu pampilho, era composto por um colete encarnado e jaqueta, faixa vermelha à cintura, calça azul, meias brancas até ao joelho e sapato de prateleira com esporas. 
Ao invés dos outros trabalhadores rurais da mesma região e dos pescadores de toda a Beira Litoral, que usavam o barrete preto, os campinos do Ribatejo usavam barrete verde com orla a vermelho, sugerindo as cores da bandeira nacional.

Uma curiosidade...
o barrete preto usado pelas pessoas que trabalhavam no campo e pelos pescadores de toda a Beira Litoral, além de servir de agasalho, servia também de algibeira para guardar o tabaco, fósforos e dinheiro, mantendo-os assim, no fundo do seu forro, sem apanhar humidade.

Poderá encontrar este e outros modelos de chapéus dos trajes tradicionais portugueses na exposição "Chapéus de todo o mundo", patente na sala dos Usos Sociais do Museu, até ao próximo dia 2 de maio.

sábado, Março 22, 2014

Akubra | Chapéus de todo o mundo


Os aborígenes australianos não tinham por hábito cobrir a cabeça. Com a colonização europeia chegou também o chapéu europeu. 
O modelo que se difundiu, um pouco por todo o continente da Oceânia, foi o de aba e copa larga que, com o passar do tempo, foi sendo decorado com materiais da região, como por exemplo, dentes de crocodilo, penas ou, ainda, pele de cobra.

O Akubra, mais do que um chapéu, é um autêntico ícone australiano.
Em 1874, Benjamin Dunkerley, oriundo de Inglaterra, decidiu abrir, na Tasmânia, uma chapelaria, a "Akubra Hat Factory".
Rapidamente, os seus chapéus de aba e copa larga ficaram conhecidos como os Akubra.

Este modelo foi imortalizado no cinema por Michael J. Dundee, conhecido como Crocodile Dundee.
Este é um caçador de crocodilos de um lugar isolado da Austrália. Pelas notícias que sobre ele chegam aos Estados Unidos, um periódico de Nova Iorque decide enviar uma jornalista para acompanhar as aventuras de Dundee. 
A filha do editor do jornal é escolhida para a tarefa. Depois de enviar várias matérias sobre Dundee ao periódico, e saber do êxito que teve, Sue convence-o a acompanhá-la a Nova Iorque para que o público o conheça melhor. Na grande cidade, tudo é novo e estranho para o caçador australiano, habituado a viver isolado.

quinta-feira, Março 20, 2014

Projeto Educativo Municipal | A Péu mostra


Começámos o dia com a visita do Jardim-de-Infância Conde Dias Garcia.
No âmbito do Projeto Educativo Municipal, este grupo bem divertido, veio conhecer a Péu.

A Péu é uma menina que vive no museu e que não descansa enquanto não encontrar o seu amigo perdido. A Péu guia o visitante ao longo do tempo, mostrando como se faziam os chapéus na Fábrica Nova. 
Através de uma história encantada desvendam-se os segredos de uma fábrica com mais de 100 anos. 

Esta visita animada é dirigida especificamente para grupos do pré-escolar e do 1º ano do 1º ciclo.
Caso pretenda agendar uma visita com a Péu, contacte o Museu pelo 256 201 680 ou museu.chapelaria@gmail.com.

quarta-feira, Março 19, 2014

Kayleen | Chapéus de todo o mundo



A grande dimensão do continente africano e as suas diferenças climatéricas determinam a sua imensa variedade étnica e cultural.
O material usado na confeção dos chapéus africanos pode ser o algodão, a ráfia ou as fibras de plantas locais. Penas e dentes de animais, missangas e pequenos búzios são usados na decoração dos chapéus e ilustram o poder, status, prestígio de quem os usa.
 
O Kayleen, é um dos chapéus utilizados pelos Kuba, uma tribo da República Democrática do Congo.  
Este exemplar é decorado com missangas e búzios e destina-se a ser usado por nobres.

Uma curiosidade...
Sabia que os búzios eram usados ​​por toda a África como uma forma de moeda?
 
Venha descobrir um destes exemplares na exposição "Chapéus de todo o mundo", patente na sala dos Usos Sociais até 2 de maio.  
 
Imagem retirada de http://www.africaandbeyond.com/Lega-hat-B-congo.html

domingo, Março 16, 2014

19 de março | "Quem se importa?" - debate sobre empreendedorismo social




Convite

O Sr. Presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, Ricardo Oliveira Figueiredo, convida V. Exa. a participar na reunião da Rede Social a realizar no próximo dia 19 de Março, pelas 17 horas, no Museu de Chapelaria.

Nesta sessão, aberta à comunidade, será visualizado o filme “Quem se Importa” que servirá de mote ao debate sobre Empreendedorismo Social.

Agradecemos a confirmação da Vossa presença, para o seguinte endereço eletrónico: 

sábado, Março 15, 2014

Montera | Chapéus de todo o mundo



 
O traje tradicional Quechua, dos habitantes do Peru, é bastante diversificado em questões de cor, pormenores e estilo, e difere de região para região.
Estes trajes tradicionais Quechuas, são ainda hoje usados ​​diariamente nos Andes peruanos .

O Montera é um dos chapéus típicos do traje feminino do Peru.
Este modelo remonta à civilização Inca. Apesar dos muitos séculos de imposição cultural ocidental, os habitantes do Peru têm mantido vários elementos da cultura Inca nos seus trajes.

Uma curiosidade...
Pelas franjas destes chapéus, é possível decifrar o estado civil da senhora ou menina que o está a usar.

Venha descobrir um destes exemplares na exposição "Chapéus de todo o mundo", patente na sala dos Usos Sociais até 2 de maio.

quarta-feira, Março 12, 2014

OS NOSSOS VISITANTES | JI IGREJA

Numa manhã bem divertida, os meninos e meninas do JI Igreja vieram ao Museu para conhecer o mundo mágico da Fábrica e dos seus Chapéus onde, eles próprios, se acabaram por tornar chapeleiros de palmo e meio!